agosto 06, 2004

6 de Agosto de 1945 - 8 h 15 m

Hiroxima.jpg
Nadir Afonso, Hiroxima.
Colecção particular




6 de Agosto de 1945
8 e um quarto da manhã.
Já premiste o botão
que fez descer 100 milhões de graus centígrados - morte
e erguer da terra um belo clarão
enorme e deslumbrante.
Missão cumprida.
Espera-te um país reconhecido
e mais tarde
os pés no vazio
quando souberes que
em poucos segundos, sob as tuas asas,
desde as ruas e jardins do centro
até aos campos em redor,
homens, mulheres, crianças e animais
foram varridos por um vento
que pulverizou tudo o que encontrou no seu caminho;
que alguns sobreviveram gritando queimados de morte
entre cinzas e cascalho,
que os arrozais perderam a verdura
e a relva ardeu como palha seca.
Número total de mortos: cerca de 70 000.
Um belo clarão...
enorme, sábio, deslumbrante.
A teu lado alguém pergunta:
Meu Deus, que fizemos?...

José Luís Tinoco

Posted by nadaespecial at agosto 6, 2004 01:33 AM
Comments
Pois é especial, que fizeram eles??? excelente post a nunca esquecer! Beijocas Posted by: wind at agosto 6, 2004 02:19 AM
Hiroxima meu amor!Infelizmente faz anos desta terrífica acção mortífera americana quando os Japoneses já estavam derrotados.Uma infâmia...Afinal os paladinos do bem e da tal democracia são o único povo que usou a bomba atómica,para matar milhões,homens e mulheres velhos e crianças e as suas consequências pela herança mortífera.E ainda hoje morrem pessoas cujo pecado foi pertencer ao código genético de familiares mortos pela Bomba.Alguém duvida se a União soviética não tivesse adquirido a bomba,os americanos tinham voltado a usá-la?A dissuação é muito bonita.São muito valentes quando têm armas mais poderosas do que os outros... fica bem sempreespecial!Recordar é viver.Jinhos!!! Posted by: Joao at agosto 6, 2004 03:17 AM
"Vergonha de nós todos" Posted by: zef at agosto 6, 2004 12:15 PM
6 de Agosto de 2004. Será que as coisas melhoraram nestes quase 60 anos? Posted by: Betty at agosto 6, 2004 02:39 PM
Magnifico post. sem mais a acrescentar... beijinhos Posted by: Maria Branco at agosto 6, 2004 10:34 PM
Muito bem lembrado esse momento tão triste da história dos povos. Obrigada. Posted by: Dora at agosto 6, 2004 11:18 PM
Comentário









Lembrar-se de mim?